Você já ouviu falar em employer branding? Profissionais responsáveis pela gestão de pessoas, sobretudo pelo Recrutamento e Seleção, certamente já se depararam com essa estratégia, afinal, é uma das mais modernas quando o assunto é construção de marca empregadora. 

Sabemos que reter e atrair talentos é um dos principais desafios que atualmente são enfrentados por profissionais de RH. Afinal, o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo, fazendo com que bons profissionais sejam cobiçados por empresas constantemente. 

Com isso, não há outro caminho: é necessário adotar estratégias para melhorar a imagem da organização e fazer com que seja vista por esses profissionais. Assim, o employer branding é essencial. 

O que é employer branding?

Employer branding é a estratégia composta por uma série de processos que tem como objetivo a construção de uma boa imagem de uma empresa como marca empregadora. Na prática, isso representa as ações que mostram que uma companhia é um bom lugar para se trabalhar.  

Atualmente, o termo é amplamente conhecido e essas ações estão presentes na rotina de boa parte dos time de RH das empresas. No entanto, esse conceito é novo. Estima-se que essa estratégia começou a ser difundida em meados da década de 1990. 

Um dos principais pilares do employer branding é o entendimento sobre a importância do colaborador para a empresa. Tradicionalmente, estratégias de marketing eram utilizadas para atração de clientes e outras ações comerciais, agora, são usadas para aquisição e retenção de talentos.  

No entanto, o employer branding esclarece a respeito do colaborador para o crescimento do negócio. Utilizando assim, marketing para ações do RH, contribuindo com a construção da imagem da organização no mercado e consequentemente atraindo mais talentos. 

Por que employer branding é importante?

Como falamos no começo do conteúdo, o mercado hoje em dia está cada vez mais competitivo. Mesmo com todas as variáveis e dificuldades do mercado de trabalho, bons profissionais estão buscando as melhores empresas para atuarem. 

Dessa forma, o employer branding é, antes de mais nada, importante para a comunicação da organização. Isso quer dizer que é uma das principais formas do time de RH comunicar acerca de valores, vantagens, diferenciais e oportunidades para quem atua na empresa. 

Portanto, quando falamos em employer branding é fundamental para otimizar e dar eficiência aos processos de Recrutamento e Seleção. É a forma de ter os melhores talentos em sua empresa e fazer com que outros talentos se interessem por vagas disponíveis.

Employer branding como retenção de talentos

Porém, essas ações não contribuem apenas para atrair talentos, mas também para fazer com que os bons profissionais não queiram deixar sua empresa, contribuindo para o desenvolvimento de talentos

É isso mesmo, employer branding não é uma estratégia pensada apenas para vender uma imagem, mas sim para construir um ambiente de trabalho em que as pessoas realmente queiram trabalhar.

Além disso, vale ressaltar que essa estratégia também impacta a visão que o mercado, e consequentemente os possíveis clientes, têm sobre a empresa, visto que, muitas vezes, os profissionais são os principais embaixadores da marca, do produto e do serviço oferecido. 

Como o RH pode aplicar?

Agora que o conceito e a importância de employer branding estão claros, vamos deixar 3 passos básicos para começar a aplicar ações com esse objetivo em sua companhia. Confira:

Definir a cultura da sua empresa: vimos que employer branding diz respeito à construção de imagem e de comunicação. Por isso, é necessário que se tenha uma definição sobre a cultura e, consequentemente, sobre os valores para que possa utilizar nessas ações. Afinal, é preciso atrair profissionais com match a esses pilares.  

Employer branding é sobre experiências e pessoas: uma boa dica é focar nos profissionais e em suas experiências em seu negócio. Deixar o colaborador como protagonista, mostrando assim sobre sua trajetória, oportunidades e reconhecimentos, tende a gerar resultados mais positivos do que focar somente nas vantagens da empresa. 

Utilizar ações de marketing: hoje em dia, o marketing consegue desenvolver ações em diferentes sentidos, portanto um bom caminho é utilizar alguns processos de marketing, como conteúdo, storytelling, personas e fluxos de nutrição.   

Gostou desse conteúdo sobre employer branding? Assine nossa newsletter e acompanhe nosso blog para receber mais informações e dicas para ter um RH mais eficiente e otimizado.

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Ortep a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.