7 dicas para ser um gestor de compras bem-sucedido

Cada vez mais importantes para as empresas, os gestores de compras têm assumido um papel de destaque internamente. Isso vem acontecendo porque as organizações estão descobrindo o quão estratégicos esses profissionais podem ser para o negócio.

Dessa forma, as responsabilidades dos especialistas em compras também mudaram. Se antes eles respondiam por um trabalho mais burocrático, agora eles precisam assumir um novo perfil, mais dinâmico e comprometido com resultados.

Será que existe um segredo para ser um gestor de compras disputado pelo mercado de trabalho? Veja, a seguir, sete habilidades e competências que esses profissionais precisam ter para serem bem-sucedidos.

1- Ser muito organizado

Organização é o primeiro pré-requisito para quem é ou deseja ser um gestor de compras. Mas, por que essa característica é tão importante? Primeiramente, porque o gestor de compras é, nos dias de hoje, um dos responsáveis pela continuidade da produção (ou da prestação de serviços) em uma empresa.

Isso significa dizer que o trabalho do gestor de compras está diretamente ligado ao produto que a empresa comercializa, já que é dele a atribuição de abastecer os estoques com insumos e matéria-prima.

Dessa forma, se o profissional de compras não realizar as suas atividades conforme o cronograma da empresa, as vendas e a arrecadação no final do mês poderão ser comprometidas, trazendo prejuízos para a organização.

2- Conhecer bem a área em que atua

Para ter sucesso em sua carreira, um gestor de compras precisa dominar a área em que trabalha, compreendendo as suas características, os desafios e as particularidades. Nos últimos anos, o escopo do gestor de compras cresceu, o que significa que esse especialista tem ganhado cada vez mais responsabilidades dentro das empresas, sendo visto como um agente estratégico para os resultados.

E, quanto mais responsabilidades, maiores são os estímulos para que o gestor de compras mantenha-se atualizado, com o objetivo de desenvolver um trabalho de mais qualidade. A capacitação contínua é fundamental para que o especialista em compras encontre novas referências e possibilidades no mercado.

3- Manter um relacionamento saudável com parceiros e fornecedores

Relacionamento é uma palavra-chave quando se trata do setor de compras. Afinal, gerenciar uma cartela de fornecedores não é uma tarefa simples, embora isso não precise tirar o sono do gestor de compras.

De modo geral, ter um relacionamento saudável com os seus fornecedores significa ser transparente e agir de forma ética em cada negociação. Esses pré-requisitos ajudarão a construir um trabalho baseado em confiança e respeito, tornando a relação entre a empresa e seus parceiros ainda mais sólida e duradoura.

Para que esse vínculo seja produtivo e renda bons frutos, é importante sempre respeitar os acordos, contratos, prazos e pagamentos. Agindo assim, os benefícios da parceria com os fornecedores vão começar a aparecer, trazendo resultados positivos para a empresa em médio e longo prazo.

4- Dominar as estratégias de negociação

Ter uma boa comunicação e ser inteligente para os negócios são características comumente associadas aos gestores de compras. Mas, não pense que todas as pessoas nascem com essas habilidades.

Na verdade, essas competências podem ser adquiridas e desenvolvidas ao longo da carreira profissional. Para quem não é muito comunicativo, ou precisa vencer a timidez, há uma série de cursos e livros que podem ajudar a desenvolver essa aptidão.

O mesmo acontece quando o desafio é a habilidade para os negócios. Existem inúmeras capacitações e treinamentos para quem quer aprender mais sobre as técnicas de negociação. Além disso, a prática do dia a dia de um gestor de compras também é muito rica para o crescimento profissional.

5- Construir e acompanhar indicadores de performance

Como já dizia o famoso consultor de negócios, William E. Deming, o que não é medido, não pode ser gerenciado. Essa percepção é muito válida para a rotina do gestor de compras, visto que esse profissional trabalha com números estrategicamente importantes para a empresa.

Dessa forma, ao organizar dados como preços de compra, número de fornecedores disponíveis e valor economizado a cada aquisição, por exemplo, o gestor de compras terá em mãos informações muito valiosas sobre o negócio.  

A partir daí, basta olhar para os números mais representativos, de acordo com a estratégia da empresa, e construir indicadores consistentes. Esses indicadores podem ajudar, entre outras coisas, no crescimento da empresa no mercado, além de aumentar a vantagem competitiva do negócio.

6- Ser ético nas suas relações

Além de ajudar na construção de um relacionamento saudável com os fornecedores e parceiros, a ética é fundamental para que o gestor de compras seja bem visto também dentro da empresa em que trabalham.

Um exemplo disso é a questão dos brindes e presentes. Como possuem uma grande rede de relacionamento, é muito comum que os gestores de compras recebam esses mimos

de fornecedores.

Mesmo que a empresa não proíba essa prática, a equipe interna pode entender que esses presentes são, na verdade, uma recompensa por um possível beneficiamento de algum parceiro. Não é preciso dizer o quanto isso interfere no clima de trabalho e na reputação do especialista de compras, não é mesmo?

Na dúvida, o melhor é recusar os presentes e agir de modo transparente com todos os fornecedores, parceiros e colegas de trabalho.

7- Ser resiliente, mas também flexível

Isso pode até parecer confuso, mas na verdade é bem simples. Essas duas características são muito importantes para um gestor de compras, porque é exatamente nelas que estão as maiores habilidades de um comprador.

Ser resiliente implica no bom uso das técnicas de negociação, na mensuração de dados para a construção de indicadores, na busca por fornecedores de mais qualidade, entre outras atividades que exigem muito trabalho e dedicação do profissional de compras.

Por outro lado, é muito importante que o gestor de compras também seja flexível, sabendo ceder nas negociações, quando necessário, ou mesmo contornar uma situação difícil e encontrar maneiras inovadoras para resolvê-la.

O gestor de compras é, nos dias de hoje, um profissional estratégico para as empresas. Embora não exista uma fórmula para ser um especialista de sucesso, essas dicas podem ajudar os profissionais, e também os aspirantes, a crescerem em suas carreiras. Se você gostou desse artigo, compartilhe-o com os seus amigos nas redes sociais.

e-Book: O Guia Definitivo de como Otimizar as Compras da Empresa

Topo