Responsável pelo orçamento da empresa? Conheça 8 maneiras para economizar!

A gestão de compras é uma importante ferramenta para qualquer negócio. Ela irá manter seu estoque saudável e, consequentemente, o atendimento satisfatório – por isso sabemos como ser responsável pelo orçamento da empresa não é tarefa fácil.

Além dessa gestão, outro ponto que não pode ser ignorado pelo setor comercial são os custos. Mas é salientar que redução de custos nem sempre é sinônimo de economia.

Por isso, hoje vamos te dar 8 dicas de como economizar, sendo o responsável pelo orçamento da empresa.

1. Análise dos custos e categorização dos gastos

Faça uma análise completa do que é necessário adquirir, ou seja, do que é essencial para a sua empresa.

Com esses dados em mãos, verifique seus fornecedores e a qualidade de seus produtos. Dessa forma, você poderá solicitar a troca de produtos que não estejam dentro do padrão de qualidade estabelecido. E, persistindo esses erros, é hora de trocar seu fornecedor.

Além disso, feita essa análise, você pode verificar onde é possível cortar gastos e onde pode fazer um investimento melhor.

Porque, como foi dito anteriormente, nem sempre economia é sinônimo de redução de custos – mas de investimento em qualidade a longo prazo.

2. Controle de estoque

Pode parecer bobeira, mas muitas vezes esse é um item que não recebe tanta atenção. Um estoque, mesmo que pequeno, requer muito cuidado. Afinal, é com base nos seus dados de estoque que você fará pedidos de compras.

Então, caso seu controle esteja em desalinho com seu estoque, haverá uma compra desnecessária ou, pior ainda, não haverá a compra de determinado produto.

3. Capacitação de funcionários

Manter seus funcionários sempre capacitados e atualizados é de extrema importância – em qualquer setor da empresa.

Um funcionário bem capacitado é mais eficiente e se mantém focado no objetivo da empresa. Mesmo se levando em conta o responsável pelo orçamento da empresa que é um funcionário-chave dentro da empresa. Afinal, será ele quem irá abastecer seu estoque e não deixará sua linha de produção falhar.

4. Escolha bem seu fornecedor

Antes de mais nada, é muito importante fazer uma boa gestão dos fornecedores que você possui. Uma categorização é válida, levando em conta diversas variáveis, tais como:

  • Condições de pagamento;
  • Contato;
  • Forma de entrega; e
  • Qualidade do produto.

Mas, mais do que uma boa gestão desses fornecedores, o responsável pelo orçamento deve escolhê-los muito bem.

Chamar um fornecedor de seu é uma ação que deve ser muito bem pensada e estudada. Alguns pontos a se considerar para a escolha de um bom fornecedor seriam:

  • Saúde financeira;
  • Respeito às pessoas e ao meio ambiente;
  • Cobertura geográfica;
  • Referência de outros clientes; e
  • Normas ISO;
  • Dentre outros.

e-Book: O Guia Definitivo de como Otimizar as Compras da Empresa

5. Redução de descartáveis

O incentivo à reutilização de copos, por exemplo, pode gerar uma economia inesperada no orçamento da empresa.

Sabe aqueles copos descartáveis que ficam próximos ao bebedouro, ou mesmo ao cafezinho? Você pode optar por substituí-los por canecas para cada funcionário.

Feito isso, faça uma pequena campanha, promovendo sua utilização e você verá a diferença que o corte de descartáveis fará na conta do final de mês.

6. Gestão dos pedidos de compra

Algumas vezes, a demanda por algum produto pode acabar sendo maior do que o planejado. Nessas horas, para que o setor de compras não se perca, é bom que a empresa tenha uma boa gestão dos pedidos.

Isso poderá ser feito, juntamente com a gestão de estoque, ao se fazer o planejamento do próximo pedido. Dessa forma, o pedido estará praticamente pronto para se fazer em casos de emergência.

7. Sistema de gestão

Os processos de automatização, hoje, são essenciais para a rotina de qualquer empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte. E esses sistemas são importantes para qualquer setor: financeiro, RH, compras, etc.

Por isso, é importante investir num bom software de gestão. Além de evitar retrabalhos, eles também são importante para substituir comandos manuais por automáticos, o que poupa tempo de seu pessoal a médio e longo prazo.

E, com esse tempo economizado, sua equipe pode investir seu tempo em outras atividades ou aperfeiçoamentos – o que é ótimo para sua empresa.

8. Acompanhamento de resultados

Mesmo se todas essas dicas forem postas em prática, é essencial haver o acompanhamento de seus resultados. Analise se os processos estão caminhando bem, e se as estruturas propostas estão atendendo bem não somente sua empresa, mas também os funcionários envolvidos.

Com esses dados em mãos, você sempre poderá revisar e aprimorar os processos, visando sempre o objetivo de economia e melhoramento.

O que você achou dessas dicas sobre economizar no orçamento da empresa? Já coloca alguma ou algumas delas em prática? Tem alguma outra que queira compartilhar conosco?

Deixe seu comentário e assine nossa newsletter, pra ficar sempre por dentro de nossas dicas sobre gestão de compras.

Topo