Ferramentas para RH: em quais você deve investir?

A busca por ferramentas para RH que auxiliem na gestão do setor – e também da organização como um todo – vem sendo cada vez maior.

O RH consiste na gestão de pessoas de uma empresa. Atualmente vem sendo cada vez mais importante uma gestão capaz de reconhecer e reter talentos, visando o desenvolvimento contínuo de seus colaboradores.

Atualmente existem diversas ferramentas para RH que auxiliam o profissional em sua gestão de pessoas.  Essas ferramentas são capazes de padronizar processos, integrar informações, dentre muitas outras vantagens. Vamos a algumas delas:

Banco de talentos

A criação e manutenção de um banco de talentos é tida, hoje, como uma das principais estratégias da gestão de pessoas. Ela se dá por meio da identificação das habilidades e potenciais de cada um.

O banco de talentos reúne diversas informações sobre as pessoas, desde dados cadastrais (como nome, endereço e telefone) até questões sobre sua vida profissional, pessoal, educacional, aspirações, realizações, etc. Enfim, tudo o que pode ser aplicado para futuras contratações, eventuais promoções ou mesmo para identificação.

E, para se manter um banco de talentos, é necessária muita organização e a elaboração de mecanismos que serão capazes de dar um fácil acesso às informações.

Esses dados serão de extrema preciosidade, inclusive, nas tomadas de decisão dentro da empresa.

Coach de carreira

O coaching é um processo que desenvolve o autoconhecimento do profissional, lhe auxiliando a enxergar seus reais objetivos e a identificar aquilo que lhe distancia deles.

Assim, o coach de carreira irá, dentro da empresa, auxiliar o colaborador que esteja passando por alguma mudança em sua carreira, principalmente.

Esse processo se dá de forma rápida, através da visualização dos pontos fortes e daquilo que precisa ser desenvolvido. E trabalha, principalmente, a autoconfiança, afim de que o profissional consiga atingir resultados satisfatórios e de maneira assertiva.

Integração das informações

Outra ferramenta muito importante para que sua empresa tenha uma gestão de pessoas efetiva é a integração de informações referentes a colaboradores.

Essa integração dá-se com o auxílio de softwares que centralizam dados e informações como cadastro de colaboradores, marcação de ponto, atrasos, afastamentos médicos, dentre outras. E é com ferramentas como essa que é possível se ter uma visão mais ampla acerca de cada colaborador, levando-se em conta sua experiência, tempo de serviço prestado para a empresa, salário, etc.

Além da centralização dos dados, outra vantagem é automação de diversos processos incorporados ao sistema.

Análise comportamental

A análise comportamental é muito importante para se decifrar o que as pessoas fariam sob certos tipos de estímulos. Esses estímulos poderiam ser uma grande pressão ou perante uma grande tomada de decisão, por exemplo.

Logo, é uma ciência que foca no desenvolvimento do indivíduo, tomando como base o autodesenvolvimento, a observação e o coaching.

Gestão por competências

A gestão por competências é uma ferramenta que auxilia, também, no desenvolvimento do indivíduo. Mas, diferentemente da análise comportamental, o desenvolvimento aqui é exclusivamente voltado para a competência necessária para certo cargo ou posição dentro de uma empresa.

Por esse motivo, é necessário que o RH conheça a fundo cada vaga, sabendo o que é necessário ao indivíduo para que exerça corretamente suas funções.

Assim, o RH pode auxiliar o gestor da área não somente a contratar a pessoa que possui aquela competência, mas também aquela que tem potencial para tal.

Constante capacitação

Atualmente, mais do que em outras épocas, a uma constante atualização e capacitação são necessárias para qualquer profissional, de qualquer área de atuação.

Em parte por conta dos avanços tecnológicos, que tornam as relações e serviços muito mais dinâmicos. E, além disso, por conta da constante evolução que o mercado vem sofrendo nas últimas décadas (o que também não deixa de ser por consequência da tecnologia).

Então, a capacitação profissional é importante tanto para o colaborador – que precisa acompanhar o mercado –, quanto para a empresa – que depende da capacidade, competência e criatividade desse colaborador.

Concluindo

Como vimos, é necessário o investimento em ferramentas para RH – bem como no próprio setor –, assim como em todos os outros setores da sua empresa. Afinal, o RH cuida do que há de mais valioso na organização: os funcionários.

Para saber mais sobre Recursos Humanos e sua relação com os colaboradores, baixe nosso e-book “Guia trabalhista simplificado para empresas”!

Topo