RH 4.0: a nova revolução industrial

A quarta revolução industrial já está aí. A chamada indústria 4.0 parte do pressuposto da automatização. E, partindo desse modelo, podemos visualizar também alguns novos modelos de trabalho interno nas empresas, e um deles é o RH 4.0.

Baseado na utilização das novas tecnologias como suporte (ou substituição, em alguns casos) à mão de obra humana, essa nova era traz muito mais confiabilidade aos serviços prestados.

Isso acontece porque os softwares são criados com um único intuito: atender a certa demanda. Assim, por meio de cálculos, ele sempre te dará a resposta correta – desde que sua pergunta seja relacionada ao seu objetivo. Dessa forma, a chance de erro humano em alguma tarefa cai drasticamente, já que a automatização permite uma inserção de dados bem mais completa e confiável.

E é sobre essa automatização que trataremos hoje, e como o RH pode se adaptar a ela.

Armazenamento

Atualmente, são muitas as maneiras de se manter arquivos. Servidores, armazenamento em nuvem, HDs externos, etc. Por isso, não existe mais a possibilidade de se perder arquivos ou documentos. Hoje as possibilidades são praticamente infinitas.

É necessário que seu RH 4.0 mantenha backups de arquivos e cópias na nuvem, para que se tenha segurança sobre os arquivos. Afinal, se um dos arquivos se corromper, você terá uma cópia para substituição. Além disso, é preciso que seja feito um backup, no mínimo, semanal.

Conectividade

Ao mesmo tempo em que seus arquivos e documentos estão em diversos pontos diferentes, o acesso a eles é muito fácil.

Com a tecnologia atual, aliada à mobilidade que precisamos, hoje é possível sincronizar diferentes dispositivos para uma mesma tarefa. Por exemplo, seu setor de RH 4.0 pode realizar uma tarefa e gerar certo documento. No mesmo instante em que ele faz isso e salva tal arquivo, você pode acessar, por meio de um dispositivo móvel o mesmo arquivo, mesmo que você esteja do outro lado do país.

Essa sincronização por meio de apps modernizou bastante as relações de consumo e de trabalho, conferindo a elas muito mais velocidade e dinamismo.

Segurança

Não se engane se você pensa que pelo fato de os arquivos do seu RH 4.0 estarem na nuvem eles estão menos seguros, à mercê de terceiros. Arquivos na nuvem, muitas vezes, podem estar muito melhor protegidos do que os que estão salvos localmente na sua empresa.

Criptografia, chaves de segurança, firewall e senha são alguns dos elementos que trazem mais confiança ao uso da nuvem.

E, quanto à criação de senhas, é sempre bom educar o usuário quanto à sua criação. É sempre importante que essa senha seja aleatória e que contenha caracteres especiais, números e letras maiúsculas e minúsculas. Esse é um passo bem simples, mas que aumenta exponencialmente a segurança dos seus arquivos.

Automatização

Como dissemos no início do artigo, a automatização ganhou muito em avanços nesses últimos tempos. Hoje você pode chegar a resultados bastante satisfatórios, desde que a ferramenta seja utilizada corretamente. Mas isso não será grande problema, já que as empresas que vendem tal tipo de softwares têm o costume de treinar a equipe do seu RH 4.0 antes de implementar a ferramenta na sua empresa.

Algumas opções para a inserção de automatização no setor de Recursos Humanos seria, por exemplo, a adoção de um sistema de acesso digital na empresa. Dessa forma, toda pessoa que passasse pela recepção – funcionário ou não – seria devidamente monitorado. Além disso, poderia também restringir o acesso a determinadas salas ou setores, que tratassem de temas mais delicados à empresa. Enfim, são ilimitadas as aplicações.

Concluindo

Toda evolução é benéfica ao homem, pois é por meio dela que iremos aprimorar nosso futuro. E essa quarta revolução industrial, que já bate à nossa porta, está aí pra nos mostrar isso.

Então, é necessário que nos adaptamos, para que possamos acompanhar o fluxo da tecnologia e permanecer no mercado com competitividade.

Para que você possa acompanhar mais artigos relacionados à gestão de pessoas, assine nossa newsletter.

Topo