O registro de ponto por geolocalização é uma excelente ferramenta para o RH realizar o controle da jornada de trabalho e um significativo aliado para as empresas que possuem equipes que trabalham remotamente.

Para aqueles que estão acostumados com os métodos mais tradicionais de registrar o ponto, podem até mesmo achar que “bater ponto” com internet e GPS seja estranho. Porém, é um meio tranquilo e seguro dos sistemas de controle de ponto para evitar fraudes ou problemas com informações equivocadas. 

Você já sabe utilizar este recurso? Venha compreender sobre esse mecanismo e como aproveitá-lo de forma estratégica. 

Neste artigo você irá conhecer sobre:

  • Entenda o registro de ponto por geolocalização;
  • Como funciona o registro de ponto por geolocalização?
  • Como usar o registro de ponto por geolocalização?
  • Qual empresa deve utilizar o registro de ponto por geolocalização?
  • Vantagens do registro de ponto por geolocalização.

Entenda o registro de ponto por geolocalização

Realizar o registro de ponto com geolocalização é a forma mais precisa de mostrar onde o colaborador está. É um método para inovar, modernizar, e transformar a forma das pessoas baterem ponto. Além de amparar os gestores para que consigam fazer um melhor controle da jornada de trabalho e saber se o seu pessoal está nas localidades certas. 

O registro de ponto é vinculado a uma geolocalização no momento de bater o ponto. Dessa forma, o gestor tem controle de onde os colaboradores estão realizando as marcações de ponto e acessar estes dados do lugar que estiver.

Para realizar o registro do ponto com geolocalização o dispositivo precisa ter comunicação com a rede de Sistema de Posicionamento Global (GPS). Sendo assim, este recurso normalmente é utilizado nos aplicativos de registro de ponto. 

Outra importante característica desta ferramenta é que não precisa de internet, então se o colaborador estiver em um local sem acesso aos dados móveis, ou rede wi-fi, ele conseguirá bater seu ponto mesmo assim. 

O sistema permite que os gestores de ponto definam uma área geográfica para realizar a marcação de ponto, assim eles conseguem acompanhar se os colaboradores estão registrando o ponto e realizando sua jornada de trabalho nos locais definidos.

Como funciona o registro de ponto por geolocalização?

A tecnologia da geolocalização utiliza o sistema de coordenadas geográficas que identifica, de maneira rápida e precisa, o posicionamento de uma pessoa. E como é isso na prática?

O colaborador registra, através do aplicativo de controle de ponto, o início e fim da sua jornada. Com isso a empresa tem conhecimento do posicionamento geográfico em que a marcação foi realizada.  

Para que o registro de ponto possa ser feito, o colaborador precisa ter um dispositivo móvel e com acesso ao sistema de controle de ponto . Este dispositivo enviará seus dados de localização para a empresa toda vez que ele registrar seu ponto.

Como usar o registro de ponto por geolocalização?

No sistema de ponto é apresentado o ponto por geolocalização da forma mais amigável possível. Utiliza-se o formato de mapa, mostrando onde a pessoa está, ou o seu local mais perto. 

Como o sistema de GPS não depende de internet, ele permite que até em lugares extremamente remotos seja possível realizar e ver onde o ponto foi registrado de forma muito precisa. 

Empresas com colaboradores que trabalham em minas, por exemplo, é possível determinar uma área para que o pessoal possa bater seu ponto com localização. Assim os gestores conseguem fazer o controle da jornada de trabalho mesmo à distância.

Ao cadastrar cada colaborador no sistema de ponto, o gestor consegue configurar que aquela pessoa possa registrar o ponto com localização. Dependendo do tipo de trabalho do colaborador é possível também determinar uma área para bater o ponto, ou deixar em aberto. Este último caso atende às empresas com equipes que viajam ou realizam trabalhos externos em locais variados.

Qual empresa deve utilizar o registro de ponto por geolocalização?

Normalmente o registro de ponto por geolocalização é mais indicado para as equipes que não trabalham fisicamente nas empresas. Em alguns casos é comum ter colaboradores que viajam ou que realizam a maioria de suas atividades em ambiente externo. Nesses casos a marcação de ponto com  geolocalização se torna uma ferramenta essencial para o controle da jornada de trabalho.

Dentre algumas profissões que têm o costume de trabalhar longe dos escritórios estão os motoristas, profissionais de eventos, vendedores externos, arquitetos, engenheiros e jornalistas. 

Em 2018 o IBGE identificou 3,8 milhões de brasileiros trabalhando home office. Com a pandemia, o trabalho remoto cresceu, mostrando a necessidade de ter um sistema de controle de ponto que funcionasse mesmo à distância. 

Para as empresas com pessoas trabalhando de casa, esta ferramenta auxilia para acompanhar e monitorar se os colaboradores estão realmente operando de seus lares. 

Vantagens do registro de ponto por geolocalização

Uma das principais vantagens do registro de ponto por geolocalização é a otimização do controle da jornada de trabalho tanto para o gestor, quanto para o colaborador. 

Ele permite que seja possível acompanhar o horário de trabalho do seu pessoal mesmo à distância, e há também a possibilidade de mostrar ao seu gestor onde você está, de uma forma prática, fácil e que funciona mesmo sem internet. Com isso, os colaboradores e gestores ficam seguros sobre o cumprimento adequado da jornada de trabalho. 

Outras vantagens do registro de ponto por geolocalização são:

  • Controle em tempo real da jornada de trabalho dos colaboradores se o aparelho estiver com internet;
  • Fornecer aos colaboradores um sistema de ponto com alta tecnologia, trazendo segurança, transparência e confiabilidade;
  • Maior controle sobre as horas extras e o banco de horas;
  • Cumprir com os requisitos da legislação trabalhista;
  • Controlar o ponto determinando a região e o raio em que o colaborador pode registrar as entradas e saídas e com isso garante que ele esteja presente no local de trabalho;
  • Evitar atrasos e faltas frequentes do pessoal que trabalha remoto;

O nosso sistema de ponto For Time Ponto também possui o relatório de geolocalização, que fornece detalhadamente o histórico do colaborador em um período específico. 

Com o registro de ponto utilizando as coordenadas geográficas você moderniza sua empresa e seus processos. O RH  consegue executar seu trabalho mantendo-se na legalidade e o sistema garante os direitos e deveres dos colaboradores mesmo à distância.

Possui mais alguma dúvida sobre a geolocalização? Venha conversar conosco!

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Ortep a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.