A jornada de trabalho híbrida é uma realidade cada vez mais presente na vida dos brasileiros, principalmente depois da pandemia do coronavírus. 

No entanto, muitos processos e controles ainda estão sendo adaptados às mudanças propostas pela jornada de trabalho híbrida. Afinal, é necessário criar uma estrutura dupla, pensando em quem trabalha no escritório e considerando também quem exerce sua atividade profissional de casa ou de qualquer outro ambiente.

O que é o modelo de trabalho híbrido?

A jornada híbrida é um modelo que integra o trabalho presencial com o home office. Ou seja, em alguns dias, o colaborador realiza sua jornada na empresa e nos dias restantes, o trabalho é realizado na casa do colaborador. Para muitas pessoas, essa modalidade reúne o melhor dos dois mundos. 

Como controlar o ponto da jornada de trabalho híbrida?

Falando em estrutura dupla, uma questão que passa pela mesa do responsável pelo departamento de RH é a forma de controlar a jornada de trabalho híbrida, visto que é preciso registrar e gerenciar profissionais em diferentes ambientes.  

Diferentemente do que muita gente pensa, a resposta é bem simples: é preciso contar com um sistema eficiente de controle de ponto online. Com essa ferramenta é possível registrar a jornada em qualquer local que o colaborador se encontre.

Isso quer dizer que tanto os colaboradores presentes no escritório, quanto os profissionais que estão de home office utilizam o mesmo sistema para registrar entrada, saída e intervalos durante a jornada de trabalho. 

Na prática, um sistema de ponto online permite que a empresa não perca o controle sobre a jornada de trabalho dos seus colaboradores e impede a necessidade de utilização de dois sistemas. Se isso fosse necessário, o resultado seria mais trabalho para os profissionais de RH e mais demora para liberar atividades como a folha de pagamento. 

O que diz a lei sobre o controle de ponto da jornada de trabalho híbrida?

Sabemos que um sistema de ponto online é a melhor solução para gestão da jornada de trabalho híbrida, porém, é necessário explicar como funciona a legislação que cerca esse tema. 

Diferentemente do home office, que possui regulamentação desde 2017, os desdobramentos legais para o trabalho híbrido ainda não aconteceram. Dessa forma, o que vale é a já conhecida Portaria 373 do Ministério do Trabalho. 

De acordo com essa Portaria, é possível utilizar sistemas alternativos aos tradicionais relógios de ponto para o controle da jornada de trabalho. 

Portanto, continua valendo a determinação sobre a obrigatoriedade para o registro da jornada de trabalho em empresas com mais de 20 funcionários. Porém, esse processo pode ser realizado via sistema alternativo. 

Isso representa que a melhor solução para quem deseja fazer o controle da jornada de trabalho híbrida é por meio de um sistema alternativo, mais precisamente um sistema de controle de ponto online. 

Além do controle de ponto, quais outros desafios da jornada de trabalho híbrida?

É importante destacar que o controle de ponto não é o único desafio enfrentado pelas empresas quando o assunto é jornada de trabalho híbrida. 

Muitas empresas estão com dificuldade de estruturar a logística para o trabalho híbrido. Isso acontece pois algumas instituições ainda não planejaram o esquema para esse trabalho. Por isso, a solução encontrada por organizações é definir os dias certos para trabalho em casa e no escritório. 

Com isso, é possível organizar o escritório para receber um determinado número de colaboradores e evitar que não tenha estrutura para toda equipe. 

Pagamento de benefícios durante jornada de trabalho híbrida 

Além desses detalhes, outra dúvida muito comum entre profissionais de RH e do setor de gestão de pessoas é sobre a obrigatoriedade do pagamento de benefícios.

Olhando para o vale-transporte, o benefício continua sendo obrigatório para as situações em que o profissional precisar ir até o local de trabalho. No caso da jornada de trabalho híbrida, conta-se apenas os dias de trabalho no escritório. 

Com relação aos outros benefícios, como o vale-refeição, novamente não há nada que trate apenas do trabalho híbrido. No entanto, uma boa prática é manter o benefício independente do local onde o profissional exerça suas atividades.

A questão é que o trabalho híbrido chegou para ficar. Essa é uma tendência cada vez mais presente, portanto as empresas precisam criar uma estrutura para adotar essa forma de trabalho.  

Enfim, agora que você sabe como funciona a marcação em uma jornada de trabalho híbrida, chegou a hora de começar a fazer esse processo corretamente, não é mesmo? Acesse nossa página e encontre a melhor solução de controle de ponto para sua empresa.

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Ortep a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.