Você certamente já ouviu falar nesse termo: SIPAT. Mas, o que essa sigla significa? Qual a importância para a empresa? Continue a leitura e saiba tudo sobre esse assunto.

O que é a SIPAT?

A SIPAT é a sigla para Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho, consiste em uma ação organizada pelas empresas e uma parcela de seus funcionários. O seu objetivo é conscientizar todos os profissionais sobre a importância da prevenção de acidentes dentro do ambiente de trabalho.

A SIPAT está prevista no inciso IX, do artigo 4° da lei 13.174, publicada no dia 05 de  setembro de 2001. Esse evento é obrigatório para todas as CIPA’s, conforme descrito no mesmo artigo citado.

Por que a SIPAT é importante?

Segundo a OIT (Organização Internacional do Trabalho), em 2021 foram registrados 571,8 mil acidentes de trabalho, além de 2.487 mortes relacionadas ao ofício. Diante desses dados, percebemos que os números de acidentes são altos.

Por isso, a SIPAT se torna uma ótima aliada e uma excelente estratégia para diminuir as ocorrências de acidentes no ambiente de trabalho. Além disso, a SIPAT é responsável por trazer medidas para proporcionar o bem-estar dos colaboradores.

Quais os temas abordados pela SIPAT?

A SIPAT é organizada por uma Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho, e ela precisa conter conteúdos teóricos e práticos. Dentre esses assuntos, vamos listar alguns que geralmente são tratados na SIPAT.

  • ergonomia;
  • a importância da alimentação saudável;
  • atividades físicas;
  • EPI’s – equipamentos de proteção individual;
  • EPC’s – equipamentos de proteção coletiva;
  • prevenção e combate de incêndio;
  • prevenção de acidentes durante as horas in itinere;
  • estresse, ansiedade e depressão;
  • alcoolismo e tabagismo;
  • como prevenir doenças ocupacionais, tais como DORT (distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho) e LER (Lesão por Esforço Repetitivo).

Qual a diferença entre CIPA e SIPAT?

Já mencionamos no texto a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, ou seja, a CIPA. Dessa forma, a CIPA é composta tanto por empregadores quanto colaboradores com o intuito de prevenir acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.

Além disso, a CIPA trabalha juntamente com a SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho). Esse órgão é composto por especialistas em segurança e saúde do trabalho e exerce funções fora da empresa. Já a CIPA é um comitê interno.

Além do mais, a CIPA é prevista na CLT, Consolidação das Leis Trabalhistas. Veja o que diz na íntegra o artigo 163:

“Será obrigatória a constituição de Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), de conformidade com instruções expedidas pelo Ministério do Trabalho, nos estabelecimentos ou locais de obra nelas especificadas.”

Já a SIPAT é uma semana específica do ano em que são tratados temas relacionados à segurança do trabalho.

Leia também:  Coronavírus no ambiente de trabalho: sua empresa está preparada?

Como promover a SIPAT na empresa?

Percebemos até aqui o quão importante é promover a SIPAT na empresa, principalmente aquelas que possuem altos riscos de acidentes, como por exemplo, empresas que utilizam algum produto químico ou organizações que trabalham com maquinários de corte.

Então, separamos algumas sugestões para te ajudar na criação da CIPA e promover a SIPAT em sua empresa.

Indique uma equipe empenhada

O primeiro passo é convocar uma equipe para formar a CIPA. Para eleger os representantes, é importante realizar uma votação interna e ela deve ser secreta. Porém, outros colaboradores podem participar da organização, principalmente os profissionais do RH.

Dessa forma, é importante eleger uma pequena diretoria da CIPA, como um representante, um vice e um secretário. Essa diretoria é para facilitar a organização e planejamento das ações.

Faça um plano de ação

Agora, em relação à SIPAT, ela precisa de um planejamento interno bem estruturado, uma vez que ela dura uma semana e possui uma programação intensa com treinamentos, palestras, dinâmicas, entre outros.

Veja abaixo alguns itens indispensáveis para começar a organização da SIPAT:

  • estabeleça uma data;
  • defina os temas e as atividades;
  • verifique os recursos financeiros;
  • divida as tarefas entre os envolvidos;
  • pesquise os palestrantes de fora;
  • faça uma divulgação interna.

É muito importante que a equipe se reúna periodicamente para alinhamento entre todos os envolvidos.

Tenha uma boa comunicação interna

A SIPAT precisa envolver toda empresa, então, é importante fazer uma excelente divulgação interna para engajar todos os colaboradores. Dessa forma, utilize espaços estratégicos da empresa para colocar cartazes e avisos. Além disso, utilize e-mails e aplicativos para envio de comunicados.

Uma dica interessante é divulgar sorteios que ocorrerão durante a SIPAT, assim, essa ação atrai muitos funcionários a se envolverem com a SIPAT.

Não esqueça dos feedbacks

A Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho deve ser um evento de interesse para todos os colaboradores. Contudo, muitos funcionários se sentem coagidos por seus superiores a participarem da SIPAT. Porém, esse sentimento não é saudável e ele pode ser mudado caso os colaboradores aproveitem de fato toda a semana.

Por isso, pergunte a toda empresa sobre a SIPAT, colete sugestões e pontos para melhorar. Essa interação faz com que os profissionais se sintam parte do evento, além de valorizados.

Conclusão

Como vimos, a SIPAT é um evento previsto por lei e que tem uma importância significativa para a saúde das pessoas que compõem a empresa. Portanto, ela precisa ser incentivada e realizada com muito cuidado para conscientizar os profissionais sobre os perigos de um acidente de trabalho.

Leia também:  Contrato de trabalho Home Office: como fazer conforme a CLT

Então, para promover o bem-estar e melhorar as práticas dentro do ambiente de trabalho, é preciso promover a SIPAT. E você? Já tem uma CIPA na sua empresa? Se não, comece agora mesmo a formar a sua equipe.

Gostou do conteúdo? Assine a nossa newsletter e fique por dentro de todos os assuntos que fazem parte do mundo do RH. Até a próxima.

SIPAT: Saiba o que é e a sua importância para a segurança da empresa

Assine a nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos sobre RH, DP e gestão em primeira