Descubra qual é a diferença entre Gestão de Pessoas e Recursos Humanos na prática

Mesmo com funções parecidas, é necessário entender que existe uma grande diferença entre gestão de pessoas e recursos humanos.

A área de Gestão de Pessoas nada mais é do deixar as pessoas satisfeitas e motivadas dentro do ambiente, criando estratégias em busca de capacitações.

Essa metodologia vem crescendo muito dentro das empresas, podendo proporcionar melhorias. Por outro lado, o RH precisa saber e participar das suas rotinas junto às de gestão de pessoas. Assim, essa é uma forma de desenvolver um bom trabalho.

O contexto se dá por um trabalho realizado da melhor maneira possível no menor tempo. Os termos existem para que exista uma administração dos setores estimulando a realização das atividades proporcionando bom funcionamento em todas as áreas.

Entretanto, é fundamental entender a diferença entre esses dois termos. Afinal, as duas áreas se completam e contam com funções essenciais para o sucesso de qualquer empresa.

descomplique-a-gestao-de-ponto-da-sua-empresa

O que é Gestão de Pessoas?

Com o objetivo de enxergar capital humano, Gestão de Pessoas é o desenvolvimento de pessoas dentro da empresa, das quais suas estratégias melhoram o desempenho pessoal.

Esse desenvolvimento é responsável por engajar e fazer com que as pessoas tenham satisfação em trabalhar.

Para que tudo ocorra de forma positiva, é preciso que todos os envolvidos estejam em sintonia. Por isso, alguns pontos são necessários:

  • Dar apoio a organização e assim alcançar as metas;
  • Desenvolver ações junto ao RH;
  • Proporcionar desenvolvimento de cultura;
  • Ter a sua volta pessoas qualificadas e engajadas;
  • Promover relações empregatícias positivas entre superiores e subordinados;
  • Priorizar a retenção de talentos;
  • Oferecer ideias para a melhoria de processos;
  • Efetivar satisfação por parte dos colaboradores aumentando a produtividade;
  • Deve haver incentivo e abordagens éticas.

Alguns pilares como motivação, metas, processos seletivos de qualidade e feedbacks, devem ser levados em consideração. Então, essas práticas são formas de conhecer melhor o trabalho podendo aplicar melhorias.

Uma gestão eficiente permite novas contratações e fortalece a cultura organizacional, aspecto fundamental para que todos tenham como foco o mesmo objetivo dentro do ambiente.

O que é Recursos Humanos?

Recursos Humanos ou RH, nada mais é do que um conjunto de colaboradores de uma empresa. São várias as atribuições desse setor que os tornam fundamentais para qualquer negócio.

A maioria de suas funções são bem conhecidas:

  • Recrutamento e seleção: Cuida de todo processo desde a análise de currículo a admissão do candidato;
  • Cargos e salários: Responsável por garantir que todos os salários sejam definidos de acordo com o cargo;
  • Treinamentos: Após contratação o RH garante que o novo funcionário irá receber todo treinamento necessário para executar suas funções, além de cursos e atividades para conhecimento pessoal;
  • Benefícios: Controla e estabelece todos os benefícios da equipe;
  • Qualidade de vida: Cuida da segurança e saúde dos trabalhadores;
  • Ajuda psicológica:  Além de solucionar problemas pontuais do dia a dia, zelam para manter a harmonia;
  • Diversidade: Garante que haverá diversidade no local de trabalho.

Vale lembrar que o departamento de RH, diferente do de Gestão de pessoas, é dividido em vários setores. Onde, cada um é responsável por uma parte da instituição. 

Afinal, qual a diferença entre Gestão de Pessoas e Recursos Humanos?

A diferença entre as áreas pode ser encontrada nos processos. O RH trabalha como recrutadores, administradores, financeiro, salários e benefícios. Em algumas vezes atuam como médicos do trabalho, psicólogos, assistentes sociais e até mesmo advogados.

Já Gestão de Pessoas, tem como foco o crescimento de cada funcionário dentro da organização, trabalha com humanização, capacitação e desenvolvimento pessoal.

É possível perceber que são atividades diferentes, porém, cada uma com a sua característica e individualidade independentes, atuam de forma conjunta pela busca de resultados.

Ademais, um alinhamento entre as áreas é necessário e elas devem caminhar juntas. A junção é capaz de proporcionar um ambiente de trabalho saudável e uma organização positiva. Além disso, os resultados no desenvolvimento e identificação de novas lideranças se tornam notórios.

Com isso, é nítido que Gestão de Pessoas é uma profissão divergente do Recursos Humanos, porém uma depende da outra. Desse modo, desempenham resultados positivos e que proporcionam alcance de metas.

transforme-o-RH-da-sua-empresa-com-o-nosso-sistema-de-ponto-em-nuvem

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Ortep a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.