fbpx

Coronavírus no ambiente de trabalho: sua empresa está preparada?

O dia 13 de março de 2020 ficou marcado pelo decreto da Organização Mundial de Saúde sobre a existência da pandemia do novo coronavírus. Os efeitos da doença são sentidos em todo o mundo, gerando preocupação e fazendo com que governo, empresas e pessoas tomem medidas para evitar o contágio.

Mas afinal, o que é o coronavírus e como fazer para evitar no ambiente de trabalho? Vamos esclarecer alguns pontos a seguir:

O que significa coronavírus?

Apesar de ser um assunto mais comentado no momento, não é algo atual. Os primeiros casos de infecção por coronavírus em humanos foram detectados em 1937. Apesar disso, só no ano de 1965 que o vírus ganhou este nome, principalmente por parecer uma coroa quando observado em um microscópio.

O novo agente do coronavírus, também chamado Sars-Cov-2, é um vírus que ataca o sistema respiratório, gerando a doença denominada COVID-19, que se espalhou a partir da região de Wuhan, na China.

Essa doença respiratória foi identificada pela primeira vez no dia 1 dezembro de 2019, e em pouco mais de 3 meses atingiu boa parte do mundo. Chegando, então, ao número de 160 mil infectados até o dia 15 de março de 2020.

Com esses números, o status da doença e a rápida contaminação em todo o mundo, as autoridades brasileiras começam a divulgar e estimular ações para evitar o contágio coletivo do vírus.

Quais os sintomas do coronavírus?

Como o coronavírus ainda é uma doença considerada nova, o vírus ainda passa por transformação e pode gerar diferentes reações em cada pessoa.

No entanto, os principais sintomas são relacionados ao sistema respiratório, assemelhando-se a um resfriado. Em alguns casos, pode até mesmo desenvolver infecção do trato respiratório inferior, assim como acontece na pneumonia.

Dessa forma, a OMS determina que os principais sintomas do coronavírus conhecidos até agora são:

Sintomas mais comuns:

  • febre;
  • tosse seca;
  • cansaço.

Sintomas menos comuns:

  • dores e desconfortos;
  • dor de garganta;
  • diarreia;
  • conjuntivite;
  • dor de cabeça;
  • perda de paladar ou olfato;
  • erupção cutânea na pele ou descoloração dos dedos das mãos ou dos pés.

Sintomas graves:

  • dificuldade de respirar ou falta de ar;
  • dor ou pressão no peito;
  • perda de fala ou movimento.

Como evitar o coronavírus no ambiente de trabalho

As empresas têm um papel importante nesse momento. Algumas medidas são essenciais para que os colaboradores continuem seguros e que não sejam contaminados pelo vírus. Vamos destacar algumas ações simples que podem fazer diferença nesse momento complicado:

Home office como solução para o coronavírus no ambiente de trabalho

O home office é uma das modalidades de trabalho que mais crescem atualmente. Também conhecido como o trabalho remoto, ele permite que o indivíduo realize suas atividades profissionais mesmo de casa.

Com a pandemia do novo coronavírus, o número de empresas que liberaram o home office cresceu significativamente, e segue crescendo, no Brasil. O próprio Ministério da Saúde sugeriu que as organizações adotem o trabalho remoto.

Sabemos que nem todas as empresas são capazes de liberar toda sua equipe para trabalho remoto. No entanto, podem ser realizadas práticas como a flexibilização do horário de trabalho para evitar o contágio. O principal motivo é evitar que os colaboradores usem transporte público em horário de pico.

gestão de ponto

Cancelamento de viagens

Em um primeiro momento da nova pandemia, o contágio está acontecendo, sobretudo, naquelas pessoas que estiveram em outros locais do mundo, principalmente em países em que o vírus já está avançado.

Portanto, cancelar viagens é uma boa prática nesse momento. Essa ação evita o contato dos profissionais da sua empresa com pessoas contaminadas, além de evitar a passagem por locais de grande circulação de pessoas, como aeroportos e rodovias.

Prevenção e cuidados para evitar o contágio do coronavírus nas empresas:

A transmissão do coronavírus acontece, sobretudo, por meio do contato com o vírus. Na prática, a infecção pelo vírus acontece principalmente por meio do contato físico próximo ou inalação de gotículas de saliva e de secreções respiratórias que são jogadas no ar por indivíduos contaminados pela doença. Podem ser fala, tosse ou espirra, por exemplo.

Assim, alguns cuidados devem ser tomados para evitar o contato com o vírus ou para evitar que ele sobreviva em locais. Alguns atos que as empresas podem realizar nesse sentido são:

Fornecer materiais para limpeza

Sabemos que em um local de trabalho, vários são os objetos e pontos de contato entre muitas pessoas. Dessa forma, é preciso reforçar a higienização, principalmente com álcool em gel 70%, na superfície de maçanetas, botões de elevador, corrimão, máquinas de café, por exemplo.

Lavar as mãos de forma correta também é essencial para evitar o contágio do vírus. Assim, é recomendado que a empresa deixe álcool em gel em vários pontos da empresa. Dessa forma, os colaboradores podem manter a higiene sempre que possível.

Manter ambientes ventilados

Ambientes frios e sem ventilação são considerados o melhor cenário para a disseminação de vírus respiratórios. Desse jeito, manter os locais de trabalho arejados e expostos ao sol é importante para evitar o contágio coletivo. Afinal, esses vírus são poucos resistentes ao calor e ao sol.

Evitar aglomerações

Eventos, feiras, festas e outras aglomerações não são recomendados em um momento de pandemia de uma doença respiratória. Por isso, é importante que cada empresa revise o calendário e remarque compromissos que envolvam muitas pessoas.

É importante ressaltar que há determinações de órgãos públicos, como prefeituras, proibindo ou estabelecendo limite para concentração de pessoas em eventos. Esse fato, alinhado ao objetivo de evitar o contágio do coronavírus, faz com que os próprios organizadores de eventos estejam adiando datas.

No ambiente interno das empresas, reuniões físicas também podem ser substituídas por videoconferências.

Conclusão

Essas são algumas medidas simples que podem ser responsáveis por evitar que mais pessoas sejam contaminadas e contraiam a COVID-19. Evitar o novo coronavírus no ambiente do trabalho é essencial para garantir a saúde e a segurança de todos os profissionais que fazem parte da sua empresa. Portanto, é preciso que exista a conscientização de todos.

Já que estamos falando sobre a saúde, que tal saber mais sobre como estimular relações saudáveis dentro da sua equipe? Leia este outro artigo e aproveite essas dicas valiosas.

Topo

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Ortep a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.