Montar uma entrevista de emprego eficiente é essencial para selecionar os candidatos mais qualificados e adequados para uma vaga. Através de um processo bem estruturado, é possível avaliar as habilidades, experiências e características dos candidatos de forma objetiva e justa.

Mas como elaborar uma entrevista? O que eu preciso perguntar? Neste post, vamos compartilhar algumas dicas e melhores práticas para montar uma entrevista de emprego eficiente, que irá ajudar a identificar os candidatos ideais para a sua empresa. Vamos nessa?

Qual a importância da entrevista de emprego?

A etapa da entrevista de emprego desempenha um papel muito importante no processo de recrutamento e seleção, proporcionando a oportunidade de um contato mais próximo e aprofundado com cada candidato que se candidatou à vaga.

Durante essa conversa, os profissionais de RH têm a chance de destacar os aspectos relevantes de seus currículos, apresentando seus pontos fortes, características de forma mais detalhada, as hard skills e soft skills.

É fundamental que a entrevista seja conduzida de maneira transparente, sem ocultar informações, pois infelizmente, alguns currículos podem conter dados falsos.

O propósito da entrevista de emprego é adquirir informações complementares que não estão no currículo, além de avaliar os conhecimentos dos candidatos. Tudo isso visa obter os detalhes necessários sobre a trajetória profissional do indivíduo para determinar se é realmente o candidato ideal para a posição.

Quais são os modelos de entrevista de emprego?

Você sabia que existem diversas abordagens para conduzir uma entrevista de emprego? Estruturar e planejar uma entrevista pode ser desafiador, sendo necessário conhecer os diversos modelos disponíveis, pois o mais apropriado pode variar consideravelmente, dependendo da empresa e do perfil do entrevistador. A seguir, veja as três versões mais comuns.

Entrevista estruturada

Ao realizar uma entrevista de emprego, os recrutadores frequentemente enfrentam a tensão de escolher o candidato certo ou o receio de esquecer as perguntas essenciais durante o processo. O modelo de entrevista estruturada envolve um roteiro de perguntas predefinidas, sendo destacadas questões como:

  • Quais são seus principais pontos fortes e fracos?
  • Qual é o seu principal hobby?
  • Quais são seus objetivos em curto prazo?
  • Por que escolheu essa carreira?

Entrevista semiestruturada

Amplamente adotado pelos profissionais de RH, o modelo de entrevista semiestruturada proporciona direcionamento ao processo seletivo com flexibilidade.

Sendo assim, o RH possui um conjunto de perguntas predefinidas, diferencia-se do modelo estruturado porque o entrevistador pode adicionar questões não planejadas com base na dinâmica da entrevista.

Entrevista não estruturada

Em contraste com as abordagens anteriores, o modelo de entrevista não estruturada concede total autonomia ao profissional de RH para formular perguntas conforme julgar apropriado para a situação, oferecendo maior flexibilidade.

Nesse modelo, sugere-se que o recrutador estabeleça alguns pontos de interesse, como experiência técnica, experiência em liderança, formação acadêmica e interesses pessoais, e aprofunde-se neles ao longo da entrevista de emprego.

Lembrando que não existe um modelo certo e um errado. Todos eles podem ser eficazes, dependendo da estratégia do recrutador.

Calendário-Ortep-de-Datas-para-Ações-de- RH-e-DP-em-2024

Veja os 10 diferentes tipos de entrevistas de emprego

Sem dúvida, a entrevista de emprego representa uma das etapas mais intimidadoras para um candidato, pelo menos para a maioria deles. Isso se deve à incerteza em relação aos métodos que serão utilizados no processo de seleção.

Existem várias formas de conduzir entrevistas de emprego. Neste guia, vamos apresentar 10 tipos distintos. Acompanhe!

Entrevista comportamental

Este é um dos modelos de entrevista de emprego mais influentes nos dias de hoje. A entrevista comportamental visa verificar se a personalidade e as habilidades do candidato estão alinhadas com a cultura organizacional da empresa.

Além disso, ela permite analisar as experiências profissionais do indivíduo e compreender como ele reagiria a desafios no ambiente de trabalho. Essa modalidade pode ser conduzida por um profissional de RH ou pelo gestor da área.

vídeo youtube

Entrevista técnica

A entrevista técnica busca analisar se o candidato possui conhecimentos técnicos suficientes para ocupar o cargo. Nesse caso, ela pode ser realizada por um profissional de RH, por um colaborador com um nível de qualificação superior ao do candidato ou pelo gestor da área. É muito comum que, nesse modelo, o candidato precise fazer uma prova prática.

Entrevista coletiva

Ao contrário da entrevista individual, a entrevista coletiva avalia diversos candidatos simultaneamente. Geralmente, é a mais temida pela maioria, especialmente por aqueles que são mais tímidos.

Este modelo é muito utilizado por grandes empresas ou organizações com um grande número de candidatos para uma vaga. Sendo assim, ele funciona como uma triagem, podendo envolver dinâmicas de grupo para avaliar habilidades e conhecimentos técnicos semelhantes entre os profissionais presentes.

Entrevista online ou remota

Em meio à atual transformação digital que o país atravessa, a entrevista online ou remota se destaca como o método mais amplamente utilizado. Realizar o processo de seleção e admissão de maneira remota é prático, agiliza todo o procedimento de entrevista de emprego e representa uma excelente alternativa para a redução de custos.

Essa modalidade de entrevista é conduzida através de plataformas como o Skype ou outras ferramentas de recrutamento online, proporcionando comunicação por meio de chamadas de vídeo entre o RH e o candidato. Nesse processo, o responsável pela seleção formula perguntas à distância e pode até mesmo aplicar testes práticos.

Entrevista com estudo de caso

A entrevista com estudo de caso tem como objetivo avaliar a capacidade do candidato em resolver problemas. Portanto, nesse formato, um caso real ou fictício pode ser apresentado. Contudo, é essencial que o caso esteja relacionado à rotina da empresa e esteja de acordo com o cargo do candidato, podendo ser uma prova oral ou escrita.

Entrevista simulada

A entrevista simulada ocorre antes da entrevista definitiva, funcionando como uma espécie de prévia. Seu propósito é permitir que o candidato se apresente e exponha seu perfil, deixando uma boa impressão. É uma oportunidade para o RH fornecer feedback ao candidato, destacando suas qualidades e áreas que precisam ser desenvolvidas. Dessa forma, o candidato pode se preparar para a entrevista oficial.

Entrevista em painel

Este modelo de entrevista analisa um candidato por diversas perspectivas. Durante sua realização, vários recrutadores entram na sala e fazem perguntas relacionadas às responsabilidades e à rotina do cargo.

Entrevista por etapas

A entrevista por etapas é aplicada quando não há urgência para preencher determinada vaga, como sugere seu próprio nome. Nesse caso, são conduzidas mais de uma conversa ou teste ao longo do processo.

Entrevista desafio

O propósito da entrevista desafio é envolver os candidatos em situações lúdicas que os estimulem a alcançar resultados específicos. Portanto, essa abordagem visa motivar, integrar, estabelecer metas e, claro, contratar profissionais.

A ideia é criar cenários nos quais os candidatos precisam aplicar seu raciocínio lógico, incorporando aprendizados de experiências anteriores, bem como outras habilidades e competências. Além disso, é uma entrevista que demanda um planejamento cuidadoso.

Entrevista de estresse

Embora não seja comum, a entrevista de estresse tem como propósito avaliar como os candidatos se comportam em situações desafiadoras, como responder a perguntas em ritmo acelerado, por exemplo.

Como escolher o melhor modelo de entrevista para a minha empresa?

Independentemente do tipo de entrevista que você opte para utilizar em sua empresa, é importante compreender que essa etapa representa o ápice em um processo seletivo. Nesse momento, você terá a oportunidade real de conhecer o profissional e avaliá-lo conforme as necessidades e os objetivos do cargo em questão.

Além disso, a entrevista pode ser uma fase decisiva, marcando o período em que as escolhas serão feitas. Portanto, é imprescindível que os candidatos causem uma boa impressão.

Para determinar o tipo de entrevista mais adequado, é essencial analisar a vaga específica e as perguntas que devem ser realizadas. Isso requer um bom planejamento.

Se a abordagem for mais informal, com perguntas realizadas espontaneamente durante a entrevista, a opção não estruturada pode ser a mais apropriada. No entanto, é crucial manter o foco em tópicos como técnicas profissionais e experiências anteriores.

Por outro lado, se o gestor ou o RH necessitar de um roteiro para conduzir a entrevista, as opções estruturada ou semi estruturadas podem ser mais apropriadas.

Dicas de como realizar uma entrevista de emprego eficaz?

Agora que já compreendemos a importância de planejar as entrevistas de emprego e quais são os modelos que podemos executar, é hora de comentarmos como realizar uma entrevista assertiva.

 

É preciso cuidar atentamente de cada um desses passos e orientar as lideranças sobre essa organização, trazendo eficiência e melhores resultados para sua empresa!

Conheça o perfil comportamental do candidato

O primeiro passo para conduzir entrevistas realmente eficazes é conhecer o perfil comportamental dos candidatos antecipadamente. Isso possibilita uma pré-seleção dos mais adequados à vaga, evitando perda de tempo com profissionais que não possuam as competências e tendências de comportamento necessárias para um bom desempenho na função. Além disso, permite a elaboração de um roteiro de perguntas relevantes.

Como fazer isso? Contar com uma ferramenta que aplica testes de perfil comportamental e otimiza o processo de recrutamento e seleção pode ser a resposta.

E-book-com-20-ferramentas-gratuitas-para-otimizar-a-sua-Gestão-de-Pessoas

Organize a entrevista

Outro ponto crucial para o desenvolvimento de uma boa entrevista de emprego é a organização de todo o processo. Isso envolve um estágio de planejamento no qual se deve pensar em todos os elementos antecipadamente e qual será o roteiro do encontro com o candidato.

Descrever detalhadamente, em conjunto com a liderança, o cargo relacionado à vaga aberta, as funções do novo colaborador, o salário e o perfil comportamental ideal para a integração na equipe é importante.

Além disso, é necessário considerar perguntas essenciais, a duração máxima da entrevista para evitar cansaço e com quem o candidato conversará. Esses detalhes farão diferença ao conduzir o processo, evitando perda de tempo e gerando informações valiosas para a seleção do profissional certo.

Tenha objetividade

Seja claro na elaboração do planejamento da entrevista. Prepare um roteiro com questões claras, essenciais e relevantes para a vaga e o candidato. Saiba exatamente como conduzir o processo para evitar prolongamento excessivo e desorientação nas respostas.

Um problema comum é que, muitas vezes, além das entrevistas não serem produtivas para o processo seletivo, elas ainda geram perda de tempo para os profissionais de RH, gestores e candidatos, por não seguirem um objetivo claro.

Portanto, ter objetividade é crucial nesse momento, otimizando tempo e aumentando as chances de contratar pessoas alinhadas ao perfil da vaga e à cultura organizacional.

Conduza o processo com leveza

Tornar a entrevista de emprego mais leve é essencial para que o candidato se sinta à vontade e consiga mostrar sua verdadeira essência. Como responsável por essa etapa, é possível criar um ambiente agradável e garantir que o candidato não se sinta constrangido.

É sabido que esse é um momento tenso para muitas pessoas. Portanto, é importante prestar atenção para que o candidato desenvolva a confiança necessária para compartilhar suas experiências e habilidades. Esse cuidado certamente tornará a entrevista muito mais produtiva!

Alinhe as expectativas com as lideranças

Converse com os líderes que estão abrindo vagas na equipe e compreenda suas expectativas para o novo colaborador. É fundamental alinhar as expectativas do líder com as necessidades e valores da empresa. Assim, você encaminha a entrevista com um foco, tornando mais fácil encontrar o candidato ideal!

Quais perguntas são pertinentes para uma entrevista de emprego?

Muitos profissionais ainda ficam em dúvida e têm inseguranças na hora de fazer as perguntas certas para o candidato. É importante ressaltar que não tem uma receita pronta, as perguntas variam muito de empresa para empresa, da estratégia, da cultura organizacional, entre outros fatores.

Contudo, as perguntas precisam fazer sentido para a vaga e as funções que o profissional irá atuar. Sendo assim, questionamentos sobre religião, preferência política, condição sexual, se a mulher tem interesse em engravidar, são perguntas que não deverão ser feitas, pois não são relevantes para o trabalho e podem deixar o candidato constrangido.

Veja alguma dicas de perguntas abaixo:

  • Fale mais sobre você ou alguma curiosidade.
  • Por que deixou o seu último emprego?
  • Qual a sua experiência nesta área?
  • Você se considera um profissional de sucesso?
  • O que conhece sobre a nossa empresa?
  • O que fez para melhorar os seus conhecimentos técnicos no último ano?
  • Por que você quer trabalhar aqui?
  • Qual a sua pretensão salarial?
  • Como você vê o trabalho em equipe?
  • Por que deveríamos te contratar?
  • Conte-me uma sugestão recente que tenha feito no seu último emprego.
  • O que mais te irrita no seu dia a dia?
  • Qual é a sua maior força?
  • O que procura em um trabalho?
  • O que você mais valoriza em uma empresa?
  • O que você acha da diversidade no ambiente de trabalho?
  • Qual o tipo de atitude no ambiente corporativo você acha que reforça a cultura de uma empresa?
  • O que te motiva mais no trabalho: cultura forte? Salário? Benefícios? Localidade? Modelo de rotina (presencial, híbrida ou remota)? Ou ambiente descontraído?
  • Conte-me uma experiência inspiradora em seu último trabalho? Logo em seguida uma ruim, que não gostaria de passar novamente.
  • Além das habilidades técnicas, como você classifica o seu desempenho interpessoal? Excelente? Bom? Regular?
  • Qual o seu ponto forte? E o seu ponto de melhoria?
  • O que o motiva a trabalhar melhor?
  • Se fosse necessário, estaria disposto a mudar de local de trabalho?
  • O que aprendeu de erros anteriores?
  • Se tivesse que contratar alguém para este trabalho, o que procuraria nele(a)?
  • Que qualidades procura em um líder?
  • Que posição prefere em uma equipe que esteja trabalhando em um projeto?

Conclusão

Em suma, montar uma entrevista de emprego eficiente é fundamental para selecionar os candidatos ideais para a vaga. É importante definir previamente os critérios de avaliação, elaborar perguntas relevantes e estruturar a entrevista de forma a obter informações consistentes sobre as habilidades e experiências dos candidatos.

Além disso, é essencial criar um ambiente acolhedor e respeitoso, permitindo que os candidatos se sintam à vontade para se expressar. Vale ressaltar que é preciso manter esse mesmo padrão após a contratação no novo profissional, elaborando um onboarding qualificado e um ambiente harmonioso,

Ao seguir essas diretrizes, as empresas têm maiores chances de contratar profissionais qualificados e alinhados com suas necessidades.

Gostou do conteúdo? Continue nos acompanhando em nossas redes sociais e assine a nossa newsletter para não perder nenhuma novidade. Até a próxima!

Newsletter Ortep

Danielle Braga

Danielle - Grupo Ortep

Online

Olá, sou a Danielle Braga, Especialista Comercial aqui na Ortep. Bora revolucionar seus processos através dos nossos produtos? Por favor, me informe:

    Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Ortep a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.