Gestor de Recursos Humanos: aprenda como a diminuir o estresse no trabalho

Um dos grandes desafios da rotina de um gestor de Recursos Humanos é a tarefa de diminuir o estresse no trabalho encontrado pelos colaboradores das empresas. Sabemos que existem muitos fatores que influenciam e contribuem para este estado, mas ainda assim, é possível criar formas de combater e conceber um ambiente mais leve.

Não é de hoje que todo gestor de Recursos Humano tenta acabar com os efeitos da Síndrome de Burnout, o estado de esgotamento profissional que afeta diretamente o desempenho e a entrega dos colaboradores das empresas.

Algumas práticas e atividades são importantes para diminuir o estresse no trabalho, pois possibilitam que os colaboradores se sintam mais leves e mais animados para desempenharem suas funções.

3 práticas para diminuir o estresse no trabalho

1. Incentivo à atividade física

Praticar atividades físicas é uma das formas mais eficazes para combater a sobrecarga profissional e diminuir o estresse no trabalho. Os exercícios físicos são importantes para manter a boa capacidade psicológica e física, pois permitem o aumento de serotonina do corpo.

Essa substância está diretamente relacionada com a melhoria do humor e da disposição das pessoas. Isso permite que as pessoas consigam se concentrar mais em sua atividades, além de sentir mais preparadas para realizar uma tarefa.

Muitos gestores de RH estão adotando práticas para incentivar que os colaboradores realizem atividades físicas. Ações como a criação de um grupo de corrida, construção de um espaço para malhação ou mesmo o incentivo a criação de momentos voltados a práticas de esportes, como as partidas de futebol entre os funcionários, costumam ser eficazes.

2. Valorização dos funcionários

Além da parte física, é importante destacar que para diminuir o estresse no trabalho é importante saber lidar com cada pessoa que faz parte da equipe da sua empresa.

O reconhecimento do bom trabalho é fundamental para que o estresse e a rotina não se transformem em algo que atrapalhe o desempenho do profissional. Quando um profissional sente que a empresa o valoriza, consequentemente, o sentimento de esgotamento dá lugar ao sentimento de dever cumprido.

Por isso, é importante que a empresa crie políticas que favoreçam o reconhecimento do trabalho bem feito. É claro que esse caminho deve partir de uma mudança cultural, mas um bom passo, pode ser oferecer recompensas como vale-presentes, dia de folga ou confraternizações para a equipe.

3. Transforme o ambiente

O ambiente é totalmente relevante para a tarefa de diminuir o estresse no trabalho. Cada vez mais, as empresas têm mudado a configuração tradicional de um ambiente conservador e criado um espaço moderno e acolhedor para colaboradores.

Isso ajuda a criar um ambiente mais leve e descontraído, onde as pessoas sentem prazer de estar para desempenhar suas atividades e construírem sua trajetória profissional.

Uma outra saída é tentar flexibilizar os horários dos colaboradores. Empresas que oferecem horários flexíveis conseguem diminuir o estresse no trabalho e percebem que seus funcionários estão mais dispostos ao bem estar na empresa.

Essas são 3 práticas simples que podem melhorar o desempenho de colaboradores, aumentar a produtividade e diminuir o estresse no trabalho. Algumas empresas adotam estratégias mais complicadas e que dependem de uma alteração em sua característica, já outras começam com pequenas ações que logo podem ser sentidas, com a mudança no clima da empresa.

Assine Newsletter da Ortep e receba informações sobre como diminuir o estresse no trabalho e outras rotinas importantes do setor de Recursos Humanos.

Topo