A gestão eficaz do tempo de trabalho dos seus colaboradores é essencial para a segurança da sua empresa. Além disso, essa gestão garante o pagamento correto dos colaboradores e o cumprimento das obrigações legais. Afinal, segundo a CLT, toda empresa com mais de 20 funcionários precisa realizar o controle das marcações. Mas você já deve ter se perguntado, como  tornar meu ponto mais eficiente?

Nesse conteúdo vamos compreender as vantagens de utilizar um sistema de ponto para cumprir essa missão, Se ficou interessado, continue a leitura!

O que é o ponto eletrônico?

O sistema de controle de ponto eletrônico é uma solução digital que facilita o registro preciso dos horários de trabalho dos colaboradores, utilizando dispositivos eletrônicos modernos.

Com ferramentas como o Fortime, o fechamento da folha de pagamento se torna rápido e seguro. Dependendo da tecnologia adotada, os registros podem ser feitos através de cartões de ponto, senhas biométricas ou até mesmo pelo celular, através do aplicativo.

Além de garantir a segurança e a praticidade no armazenamento dos dados, o uso desses dispositivos está em conformidade com as normas estabelecidas para esse tipo de tecnologia.

Ponto mais eficiente: 7 vantagens de se usar um sistema de ponto

Controle de Ponto Mais Eficiente

Diga adeus à burocracia e venha para a inovação com o Fortime, sistema de ponto online!

    Entretanto, o registro de ponto não se resume apenas a marcar os horários da jornada de trabalho. Ele engloba a gestão completa, incluindo a definição de jornadas, a adoção de sistemas eficientes de controle e a conformidade com a legislação vigente.

    Para atingir esses objetivos, muitas empresas estão optando por soluções modernas e eficazes, que simplificam os processos, garantindo a segurança e o cumprimento das obrigações legais.

    Qual o objetivo do ponto eletrônico?

    A implementação do sistema de ponto eletrônico visa simplificar e automatizar o registro de horários de entrada, saída e intervalos, facilitando a gestão da jornada de trabalho tanto para a empresa quanto para os funcionários.

    É importante ressaltar que o uso do ponto eletrônico deve estar em conformidade com as normas estabelecidas na Portaria 671 e na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), garantindo a legalidade e a eficiência do processo de registro de jornada.

    O que diz a CLT sobre o registro de ponto?

    Segundo o artigo 74 da CLT, empresas com mais de 20 funcionários devem implementar um sistema de controle de ponto, podendo ser manual, eletrônico ou mecânico.

    Contudo, a CLT não detalha o uso de sistemas eletrônicos de registro de ponto, cabendo à Portaria 671 fornecer essas diretrizes específicas. Então, veja no próximo tópico mais detalhes sobre essa lei.

    O que é a Portaria 671?

    Em novembro de 2021, foi estabelecida a Portaria 671, conhecida como a nova regulamentação do ponto eletrônico, consolidando as diretrizes anteriores sobre o tema.

    Essa legislação define que o Registro Eletrônico de Ponto (REP) é o conjunto de equipamentos e softwares destinados ao registro eletrônico dos horários de entrada e saída dos trabalhadores.

    O ponto eletrônico é uma opção viável para todas as empresas, especialmente aquelas com mais de 20 funcionários, que são obrigadas a adotar um sistema de controle de jornada.

    Com a nova portaria, organizações que escolhem um sistema REP-P não precisam mais de autorização sindical, diferentemente do modelo REP-A, para o qual essa exigência permanece.

    Além disso, a Portaria 671 reclassifica os tipos de REP, estabelecendo requisitos legais para a validade e o uso adequado de cada tecnologia pelas empresas.

    Saiba mais sobre os diferentes tipos de REPs em nosso vídeo da série RH em foco:

    Assistir vídeo vídeo youtube

    Vantagens de usar um sistema para uma gestão de ponto mais eficiente?

    Garantir o registro preciso das horas trabalhadas é uma responsabilidade muito importante do setor de RH e também do DP, sendo um requisito legal tanto para empregadores quanto para funcionários no Brasil, como já vimos anteriormente.

    Nesse contexto, o controle de ponto digital é realizado pelos colaboradores através de aplicativos em dispositivos móveis ou equipamentos fornecidos pela empresa, como laptops ou tablets. Essa modernização trouxe uma nova dinâmica às organizações, tornando o processo mais eficiente e preciso.

    Com isso em mente, compilamos sete benefícios do uso de um sistema de controle de ponto eletrônico. Essa lista visa demonstrar como essa modernização pode impactar positivamente a gestão de RH e DP, além do dia a dia dos colaboradores em uma empresa. Confira!

    Controle de ponto mais prático

    Contar com uma solução prática para garantir que todos registrem seus horários de forma precisa e regularmente é essencial para garantir a conformidade com a lei.

    Sem essa facilidade, gestores gastam tempo em lembretes constantes, o departamento pessoal enfrenta a tarefa de buscar dados incompletos e as inconsistências podem resultar em complicações legais e trabalhistas para a empresa.

    O sistema de ponto eletrônico permite que cada funcionário faça o registro de sua entrada e saída através de um aplicativo no celular ou utilizando um computador ou tablet.

    Essa ferramenta é particularmente vantajosa para equipes em home office ou modelo de trabalho híbrido, mas também se aplica a empresas com operações totalmente presenciais.

    Isso porque possibilita que os registros sejam feitos de qualquer lugar. Assim, se alguém chegar e se esquecer de marcar o ponto na entrada, pode fazê-lo imediatamente, diretamente de sua estação de trabalho.

    Contudo, é essencial que o departamento pessoal forneça instruções claras sobre o uso correto dessas ferramentas, seja por meio de um guia ou treinamento específico. Isso evita dúvidas na marcação e garante uma adesão mais eficaz.

    Ponto mais eficiente para jornadas externas

    Empresas que contam com equipes em atividades externas enfrentam desafios no controle de horários e na avaliação da produtividade desses colaboradores.

    A implementação do ponto eletrônico traz eficiência a essa gestão, permitindo o registro remoto e aproveitando recursos como a geolocalização (GPS). Isso torna a ferramenta especialmente útil para monitorar equipes de vendas, motoristas ou outros profissionais que atuam em ambientes externos.

    Além disso, essa praticidade também beneficia os colaboradores, evitando deslocamentos desnecessários até a empresa para registrar sua jornada. Isso resulta em uma economia significativa de tempo.

    É importante destacar ainda que não é mais necessário que os funcionários se desloquem até a sede da empresa apenas para assinar a folha de controle de ponto, especialmente se a solução eletrônica incluir o recurso da assinatura digital, como o Fortime.

    Ponto mais preciso no Controle do Banco de Horas

    O gerenciamento do banco de horas é uma das tarefas fundamentais do Departamento Pessoal, pois influencia diretamente no cálculo das horas trabalhadas, afetando tanto a remuneração dos funcionários quanto os custos da empresa.

    A implementação do ponto eletrônico otimiza esse controle, proporcionando maior precisão ao DP na hora de calcular as horas trabalhadas.

    Essa vantagem é ainda mais significativa quando o sistema utilizado pode ser integrado a outros, como o software de gestão de ponto, automatizando os cálculos e minimizando possíveis erros.

    Ponto mais otimizado para a rotina do RH e DP

    Sabemos como a rotina do departamento pessoal pode ser desafiadora, com cálculos extensos e processos burocráticos. No entanto, a implementação do ponto eletrônico traz uma otimização significativa para o controle de horas, tornando a rotina mais ágil e prática.

    Além disso, essa tecnologia possibilita a geração de relatórios e dados adicionais que podem ser essenciais para uma gestão eficaz. Com esses relatórios, o setor de RH consegue analisar as taxas de turnover e absenteísmo para desenvolver ações estratégicas.

    Com a facilidade proporcionada pelo ponto eletrônico, a empresa ganha espaço para implementar melhorias no ambiente de trabalho, além de ter a oportunidade de revisar os custos relacionados a horas extras, adicionais noturnos e outros aspectos variáveis na jornada dos colaboradores.

    Ponto mais econômico

    Ao considerar todas as vantagens apresentadas anteriormente, torna-se evidente a significativa economia financeira que a adoção do ponto eletrônico pode trazer para a empresa.

    Isso se reflete não apenas nos custos diretos, como o controle de horas extras, mas também nos custos indiretos, como a melhoria da produtividade das equipes de Departamento Pessoal, que não precisam mais dedicar longas horas ao processamento de folhas de ponto.

    Essa otimização contribui para que o setor assuma um papel mais estratégico, focado no fortalecimento da imagem da empresa como empregadora e no impulsionamento do crescimento do negócio.

    Ponto mais seguro no registro de jornada

    Um dos principais pontos positivos ao adotar um sistema de controle de ponto eletrônico é a redução significativa de fraudes, tornando-o o método mais confiável para registrar as horas trabalhadas.

    Especificamente, soluções que incluem identificação por foto e geolocalização oferecem um nível adicional de segurança, evitando não apenas fraudes no registro por parte dos colaboradores, mas também assegurando a precisão das horas trabalhadas.

    Alguns aplicativos de controle de ponto vão além ao proporcionar medidas de segurança avançadas, como o Fortime, que captura uma selfie no momento do registro do ponto para confirmar a identidade de cada usuário, aumentando ainda mais a confiabilidade do processo.

    Além disso, vale ressaltar que o ponto eletrônico online possibilita que atualizações no registro de jornada sejam visualizadas em tempo real, permitindo que tanto os colaboradores quanto os gestores e profissionais do RH e DP verifiquem se está tudo correto de forma imediata.

    Ponto mais regularizado com as leis trabalhistas

    Ao eliminar fraudes e erros, a empresa se resguarda contra possíveis ações judiciais trabalhistas. É importante ressaltar que muitas dessas ações surgem de equívocos relacionados à jornada de trabalho, como o não pagamento adequado de horas extras.

    Para evitar esse tipo de problema, as empresas têm três medidas básicas:

    • Implementar um sistema de controle de ponto, mesmo que não seja obrigatório por lei (caso a sua empresa tenha menos de 20 colaboradores);
    • Estimular a marcação precisa e diária do ponto por parte dos funcionários;
    • Investir em uma solução moderna, prática e segura de controle de ponto eletrônico.

    É essencial compreender que o uso do ponto eletrônico reduz consideravelmente a ocorrência desses erros que resultam em processos judiciais trabalhistas.

    Além disso, mesmo quando ocorrem inconsistências, o Departamento Pessoal pode identificar rapidamente a causa e realizar as correções necessárias, evitando complicações futuras.

    Conheça o Fortime e veja o porquê ele é o controle de ponto mais eficiente para a sua empresa

    O Fortime é a escolha mais acertada para gerenciar eficientemente a jornada de trabalho dos colaboradores, tanto internos quanto externos, em conformidade com a Portaria 671 do MTE, a nossa solução é 100% legal e otimiza a gestão de forma abrangente, adequando-se a diferentes modelos de trabalho e prevenindo potenciais questões trabalhistas que podem acarretar em prejuízos para a sua empresa.

    Os dados gerados pela plataforma são acessíveis de maneira simples e podem ser utilizados para embasar decisões estratégicas e como evidências em processos legais, se necessário.

    Além disso, o Fortime oferece uma gama de recursos tecnológicos que garantem segurança e praticidade:

    • Controle de ponto online e offline;
    • Registro fotográfico para comprovação da marcação do ponto;
    • Gerenciamento e envio eletrônico de documentos, como atestado médico;
    • Fechamento seguro do ponto;
    • Relatórios automatizados e estratégicos dos registros de ponto;
    • Confirmação por foto para autenticação do registro;
    • Criptografia de dados para proteção;
    • Geolocalização para verificação de ponto;
    • Armazenamento em nuvem das informações;
    • Suporte humanizado por chat, whatsapp, telefone e e-mail;
    • Planos flexíveis e de acordo com a sua realidade.

    Com uma sólida presença no mercado nacional, a Ortep está há 60 anos no mercado de controle de ponto. Com o módulo de controle de ponto eletrônico Fortime, sua empresa alcança uma gestão mais eficiente, economizando tempo e dinheiro, e fortalece a atuação estratégica do RH e DP.

    Gostou do conteúdo? Entre em contato com a gente e tenha uma gestão de ponto mais eficiente você também.

    Já pensou: "como tornar meu ponto mais eficiente?". Economize tempo, dinheiro e papel com o registro de ponto digital